fbpx

______3.4.1.1 Dispositivos de Derivação de Cliente

3.4.1.1 DISPOSITIVO DE DERIVAÇÃO DE CLIENTE

Dispositivo de Derivação de Cliente (DDC): é um elemento passivo, o qual através de dispositivos de

ligação e distribuição adaptados ao NQ respectivo, faz a transição entre a rede individual de cabos de pares

de cobre e a rede colectiva e está situado no interior do ATI. Todos os dispositivos e equipamentos que

constituem o DDC estão adaptados ao NQ1b ou NQ1c, ou seja, categoria 5 ou superior.

No caso particular da moradia unifamiliar, o DDC interliga o cabo de pares de cobre proveniente da CEMU e

a rede individual no interior da habitação.

O DDC é constituído por 2 painéis de interligação: num deles termina a rede colectiva de pares de cobre (ou

o cabo proveniente da CEMU) e no outro inicia-se a rede individual de cabos de pares de cobre.

Os painéis de interligação são constituídos por tomadas de 8 contactos, como por exemplo as RJ-45,

devidamente identificadas.

No painel onde termina a rede colectiva de cabos de pares de cobre (primário) devem existir 4 tomadas de

8 contactos, interligadas como se segue:

􀂾 1ª tomada ligada a 1 par de cobre nos terminais 4 e 5;

􀂾 2ª tomada ligada a 1 par de cobre nos terminais 4 e 5;

􀂾 3ª tomada ligada a 2 pares de cobre, um nos terminais 4 e 5 e outro nos terminais 3 e 6;

􀂾 4ª tomada livre, permitindo a utilização de sistemas futuros.

No painel onde se inicia a rede individual de cabos (secundário), existe:

􀂾 Um conjunto de 2 tomadas de 8 contactos ligadas em paralelo, por cada tomada de cliente. Cada

um dos referidos conjuntos está interligado a uma tomada de cliente através de um cabo de pares

de cobre de 4 pares – distribuição em estrela. Essa interligação estará apropriadamente

identificada, de modo a reconhecer-se facilmente a tomada a que se dirige.

A ligação entre os dois referidos painéis, primário e secundário, é realizada por chicotes de interligação. A

manobra dos chicotes é acessível ao utilizador da fracção autónoma.


As tomadas dos painéis de interligação e os respectivos chicotes devem ser no mínimo de categoria 5 ou

superior, de acordo com o NQ da rede individual de pares de cobre.

Os chicotes de interligação fazem parte do DDC, devendo ser providenciado o número mínimo de modo a

fazer face às necessidades.

No Anexo 8 apresentam-se os esquemas referidos. Salienta-se a possibilidade de utilização de outros

dispositivos ou esquemas, desde que se mantenha a possibilidade de manobra pelo utilizador e que se

respeite os parâmetros mínimos constantes deste Manual.


Recommended Posts

Deixar uma resposta