fbpx

__2.4 Rede de Cabos

2.4 REDE DE CABOS

A Rede de Cabos do Edifício, ou simplesmente Cablagem, é constituída pelo conjunto de cabos de

telecomunicações (pares de cobre, coaxiais, fibra óptica), interligados por dispositivos de ligação e

distribuição e tomadas de cliente.

A rede de cabos de telecomunicações do edifício divide-se em:

• Rede Colectiva de Cabos. Destina-se a servir vários clientes. É limitada a montante pelos

Repartidores Gerais (RG), inclusive, e a jusante pelos primeiros dispositivos de derivação para uso

exclusivo de cada cliente (DDC ou TC), exclusive;

• Rede Individual de Cabos. Destinada a servir um só cliente. É limitada a montante pelos primeiros

dispositivos de derivação de uso exclusivo do cliente (DDC ou TC), inclusive, e a jusante pelas

tomadas de cliente (utilizador), inclusive.

No caso particular da moradia unifamiliar, considera-se que a Rede Individual de Cabos é limitada,

a montante, pelos dispositivos de derivação e transição existentes na Caixa de Entrada de Moradia

Unifamiliar (CEMU), inclusive.

As soluções de cabos híbridos, ou mistos, (mistura de cabos coaxiais com pares de cobre ou mesmo fibras

ópticas, com revestimento exterior comum), poderão ser utilizadas e até aconselháveis no caso da rede

individual de cabos.

As redes de cabos dos sistemas de uso exclusivo do edifício, nomeadamente os sistemas de portaria,

videoportaria e televigilância, não podem partilhar as redes de cabos anteriormente consideradas, embora

seja de considerar a possibilidade de interligação.

Os cabos a instalar em qualquer parte da rede colectiva ou individual de tubagens, localizada em zona de

acesso público e destinados à interligação de equipamentos pertencentes a uma mesma rede individual de

cabos, devem ser blindados.

NOTAS: Ver os pontos 3.4.1 e 3.4.4, onde são definidos, respectivamente, o Dispositivo de Derivação de

Cliente (DDC), o Tap de Cliente (TC) e os repartidores gerais (RG-PC, RG-PC+, RG-CC e RG-FO).


Recommended Posts

Deixar uma resposta